Siga-nos

Entrevistas

Técnico se diz satisfeito e diz que Torcida deve estar satisfeita e esperançosa com apresentação da equipe

Publicado

em

Imagem: Reprodução - Premiere FC.

Pela primeira vez não consigo considerar o treinador como culpado pelo resultado. Ele teve quase 10 dias pra encontrar soluções e encontrou, o time esteve equilibrado, mas todo o bom trabalho de Vinícius Eutrópio na preparação para esta partida acaba caindo por terra ao ouvir sua entrevista coletiva. É triste, mas quando ele acerta, o time erra, quando ele erra, o time erra também…

Você pode ouvir no player abaixo:

Como em todos os jogos anteriores ele iniciou a entrevista agradecendo a presença dos Torcedores Bugrinos em Goiânia e em seguida falou sobre a queda de rendimento da equipe do primeiro pro segundo tempo, uma constante em toda a Série B até aqui:

“É que o nosso primeiro tempo foi tão bom, tão superior, que pra manter no segundo tempo jogando fora de casa é difícil. Com todo respeito ao Atlético, mas a gente foi melhor, foi principalmente o melhor tempo que nós fizemos com o Igor entrando e dando um outro nível, o Armero deu outro nível, o Brunno melhorou muito o nosso nível, nós tivemos controle da partida praticamente e no primeiro tempo poderíamos fazer dois ou três gols facilmente. No segundo era natural que eles viesses, mas mesmo assim o jogo estava controlado, eles não tinham criado oportunidades”, analisou Eutrópio, e apesar de eu ter que reconhecer que o time não esteve mal em campo, sou obrigado a dizer também que vi o Guarani superior ao adversário apenas por um período de 10 a 15 minutos durante todo o jogo, entre os 10 e os 25 minutos do primeiro tempo, portanto, longe de ser um jogo fácil com possibilidade de fazer dois ou três gols facilmente.

“Infelizmente, é triste falar isso e não é uma crítica, nós criamos o gol pro Atlético, foi um gol que eu não vejo há um bom tempo. Agora o time fez um dos melhores jogos, esses três jogadores que entraram melhoraram, aumentaram muito o nosso nível e isso dá esperança, isso dá a certeza que a gente está no caminho certo e que, com esses jogadores que chegaram, com a atitude desses jogadores e alguns outros que devem ser apresentados nós não vamos lutar pra não sermos rebaixados de jeito nenhum. Não é isso oque o Guarani está buscando e não é essa a tradição do Guarani”, disse o treinador.

Perguntado sobre temer pela demissão, Eutrópio se defendeu novamente: “Eu estou com sete jogos, é pouco tempo, nós estamos com várias modificações e o que me deixa feliz é o que a gente fez hoje, então eu vou pedir o que mais pro eu time depois de um jogo como o de hoje? Enfrentamos um adversário difícil, que foi campeão goiano chegando aqui e impondo nosso jogo, criando várias oportunidades. Eu tenho que estar com a cabeça tranquila e sei exatamente que a gente está no caminho certo, volto a dizer”.

Apenas um comentário, tomara que Vinícius Eutrópio, independente de ser demitido ou continuar no cago, esteja errado quanto a isso, porque se o caminho que o Guarani está é o certo, o rumo é o rebaixamento. Atualmente o time está na 18ª colocação e pode até encerrar esta sétima rodada empatado em pontos com o lanterna caso o América e o Vitória vençam suas partidas.

Voltando à entrevista, ao responder sobre o que pode ter causado a derrota do time, ele comentou: “Difícil dizer, nós não estamos em campo pra fazer os  gols. O que nós podemos fazer é treinar, montar o esquema, dar tranquilidade, até entregar esses jogadores dentro de campo, é criar o processo que eles construíram dentro e campo fazendo um jogo de envolver o adversário, de criar oportunidades, mas os erros individuais infelizmente acontecem, é um esporte coletivo, mas quando eles entram em campo eles tem que resolver porque a gente não entra em campo”.

“Eu estou muito tranquilo porque o time vem jogando, pra mim foi um dos melhores jogos que fizemos e isso nos dá esperanças. Hoje tivemos a estreia do Brunno na posição dele, do Armero e do Igor e isso já nos deu um nível totalmente diferente de qualidade técnica, de envolvimento, de posse de bola, isso nos dá essa tranquilidade e a certeza que com os outros que chegarão vamos fazer um bm trabalho, estamos no caminho certo e os resulktados vão surgir porque o mais difícil nós estmaos fazendo que é criar as oportunidades, criamos cinco ou sei hoje”, disse o treinador que em seguida “bravatou” repetindo que o time era a quinta equipe que mais criou oportunidades em todo o Brasileiro e que agora deve ter subido no mínimo pra terceiro (o que não é real nas estatísticas da competição).

“O que nós precisamos é ter a capacidade e a competência de botar ela pra dentro senão vamos sempre ficar espetando no zero a zero e ai é difícil”, afirmou Vinícius Eutrópio, que em outro momento declarou:

“Acho que esse posicionamento dá um alento pra nossa Torcida, tenho certeza que essa Torcida que veio aqui saiu satisfeita com a nossa apresentação e saiu também com uma esperança que a gente vai sim buscar os pontos, tenho certeza disso”.

Sinceramente, já é quase meia noite e não vale a pena continuar a transcrição da entrevista, o áudio está ai e traz todas as declarações que muitas vezes são repetidas pelo treinador. Vamos acompanhar o desenrolar dos próximos dias para saber se Eutrópio continua ou não sendo o comandante do time, pois um time que em sete jogos ganha um, perde quatro e empata dois está tudo, menso no caminho certo.

E você Torcedor, está satisfeito com a apresentação da equipe e tão esperançoso quanto está o técnico Vinícius Eutrópio?

 

Marcos Ortiz

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.