Siga-nos

Entrevistas

Sem nenhuma dica de escalação, Guarani encerra treinamentos para pegar o São Bento

Publicado

em

Técnico do Guarani não dá nenhuma pista sobre escalação depois de treino fechado. Foto: Letícia Martins - Guarani FC.

Ha pouco o Guarani encerrou seu último e único treinamento antes da partida contra o São Bento marcada para esta sexta feira às 20:30 no Brinco de Ouro da Princesa e na sua entrevista coletiva o técnico Roberto Fonseca não deu nenhuma pista sobre a equipe que levará a campo.

No player você confere a longa e pouco acrescentante entrevista do técnico Bugrino.

 

Alias, a julgar pela entrevista do treinador, dificilmente a equipe terá mudanças significativas. O treinador até, aparentemente, rebateu algumas das críticas feitas pelo presidente do CA Palmeron Mendes Filho na tarde de ontem dizendo que “todos nós os comandante devemos ter discernimento daquilo que a gente fala neste momento, tem que ter uma conduta, um caminho do que nós queremos, das necessidades e existe o que estamos passando, porque a gente sabe que o Guarani vem oscilando desde o começo do ano. Como comandante a pressão é sempre maior, mas é coisa normal, os profissionais que estão aqui há mais tempo e acabam sentindo isso tem que saber que é normal, absorver e saber que só tem um caminho que é trabalho pra fazer com que os resultados sejam positivos”.

Ele garantiu que não houve nenhuma repercussão no elenco no sentido de desligamento ou pedidos de saídas do elenco após a entrevista de ontem. Sobre mudanças no time ele disse que não adiantaria e que “até por isso a parte do treinamento foi fechada”, mas questionado sobre a queixa de Palmeron sobre a não escalação de jogadores da base, garantiu que isso é uma decisão sua:

“Nós temos que procurar soluções, lógico que a cada partida eu me sinto incomodado porque a nossa parte ofensiva realmente não tem sido o que gostaríamos, mas temos tentando trazer soluções, trouxemos o Michel Douglas que já fez um gol e tem nos sustentado. Temos procurado colocar sempre esse ou aquele como temos feito com os jogadores jovens, eu coloco assim, aqui não tem jogadores jovens ou mais experientes, são jogadores da mesma camisa, fazer diferente seria errado, tem que ver quem veste a camisa sem ver se tem 19 ou 20 anos, serão aqueles que merecerem, tanto é que o Davó tem entrado, em merecido, o Renanzinho também e assim sucessivamente, todos que tiverem merecimento vão jogar”, disse Fonseca que em seguida citou que escalou jogador de 17 anos nesta temporada pelo Novorizontino.

“Não tem necessidade de fazer esse tipo de colocação, ela é natural, a seleção vem com o trabalho, o merecimento e tudo o mais, eu sempre procuro ser ético e detalhista naquilo que temos que colocar, quem merecer vai estar sendo escalado para o bem do Guarani”.

A entrevista do treinador pode ser conferida na íntegra em áudio no player no início da matéria.

Com apenas seis pontos conquistados o Guarani é o lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro e só conseguiu vencer uma partida até agora, o máximo que fez alem disso foram três empates e em onze jogos o time já tem sete derrotas.

Sinceramente? Amanhã saberemos se alguma coisa vai mudar, ou se vamos continuar “honrando” a última posição até o fim do campeonato, o São Bento é concorrente direito contra o rebaixamento e uma vitória poderá fazer o Guarani ultrapassá-lo na tabela de classificação, mas isso é muito difícil acontecer porque além de vencer, o Guarani precisaria fazer três gols de diferença.

 

Marcos Ortiz

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.