Siga-nos

Notícias

Ricardo Moisés confirma acerto de parte dos salários e fala sobre saída de Estevan

Publicado

em

Foto: Letícia Martins - Guarani FC.

No início da semana passada surgiu a notícia dos atrasos nos pagamentos dos salários dos atletas do Guarani. Vencidos no dia 20 de agosto, os créditos não foram feitos na data combinada e a promessa do clube era que os pagamentos seriam regularizados até o início da desta semana.

Ainda naquela segunda feira o clube anunciou que o pagamento começaria a ser feito já no dia seguinte com os valores recebidos de duas parcelas do empréstimo de Mateusinho ao Grêmio-RS e este valor seria usado para quitar as pendências com os atletas das categorias de base que estão integrados ao elenco profissional.

E nesta sexta feira o agora presidente do Conselho de Administração Ricardo Moisés confirmou uma notícia que nós até já tínhamos, mas não conseguíamos a confirmação, que o clube conseguiu liberar sua primeira guia judicial referente a uma mensalidade das cotas de transmissão de televisão e, com este valor, 50% dos salários forão pagos na semana passada. O restante ainda aguarda a liberação da guia judicial da parcela mensal de R$ 350 mil paga pelo grupo Magnum e outros recursos, infelizmente desde o início do ano, também pagos diretamente à Justiça do Trabalho.

A confirmação veio em entrevista a Radio Bandeirantes Campinas nesta sexta feira: “Metade dos salários foram pagos na semana passada e na segunda ou terça feira está sendo liquidado o restante”, disse Ricardo Moisés durante a entrevista no final desta manhã.

Descartando imediatamente qualquer contato com outro treinador neste momento e dando confiança ao trabalho de Carpini de quem ele disse ter recebido “qualidade e capacidade no período em que está à frente do time”, Moisés falou sobre a saída de Estevan Soares:

O Estevan é uma pessoa excelente, tem um caráter imenso e muita identificação com o clube porém não era o executivo de futebol que a gente precisava no momento, A gente precisa de um profissional capaz de solucionar de imediato as carências do Guarani identificando as oportunidades disponíveis no mercado pra reforçar a equipe. O Estevan ainda é um treinador e não estava atualizado para esta função, esse foi o motivo principal do desligamento, houve consenso dentro do Conselho de Administração“.

Durante a entrevista surgiu o nome de Sidcley Menezes, executivo de futebol que trabalhou durante bom tempo no Vila Nova, segundo Ricardo Moisés “um excelente nome, que está na pauta do CA, mas ainda não há consenso”.

Ainda traremos outros tópicos trazidos durante a entrevista e a repercussão dela completa faremos à noite durante nosso programa ao vivo, o Boa Noite, Bugrão.

Marcos Ortiz

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.