Siga-nos

Entrevistas

Osmar Loss quer time melhor, mas comemora 4 pontos em 6 fora de casa

Publicado

em

Imagem: Reprodução - Premiere FC.

Já nos vestiários do estádio municipal de Mirassol acompanhamos a entrevista coletiva do técnico Osmar Loss que mais uma vez considerou o resultado como bom, mas deixou claro que não gostou da postura do time e também reclamou muito do horário da partida.

Você pode ouvir essa entrevista no player.

 

São situações das quais a gente sempre fala e parece que estamos arrumando justificativas para maus resultados, mas eu falava disso antes do jogo. Foi difícil pra gene como foi pro Mirassol também, mesmo eles tendo esse dia a mais de descanso, é uma cidade que tem por tradição esse calor, tivemos o William vomitando, o Amorim que tomara que não seja nada sério, são situações que tem que ser cuidadas. Muitas vezes o clube faz um investimento no atleta e numa situação de risco como essa acaba perdendo muito dinheiro. Não é só a questão técnica, tem também a questão de perder dinheiro”, disse o treinador, lamentando o horário ridículo das 11:00 da manhã em pleno verão e no horário de verão.

Em seguida ele falou sobre a partida: “Dentro das quatro linhas acho que não fizemos uma boa partida, tivemos poucos momentos nos quais jogamos o que acho que podemos jogar. O Mirassol teve participação importante nisso porque nos pressionou de mais, foi pra cima nos duelos e conseguiu vencer muitos deles, mas temos que considerar que o Guarani saiu pra disputar dois jogos fora de casa e leva quatro pontos pro Brinco, agora voltamos a jogar em casa e isso é bem positivo pra nossa campanha. Poder fazer o gol de empate aos 48 minutos também mostra que o time se supera e está comprometido com nosso projeto”.

O treinador falou sobre os gols que o Guarani sofreu: “Já sabíamos analisando o time deles que é um dos times que não tinha feito gols de bola parada ainda e hoje fez dois, mas de nove bolas que eles tinham levantado pelo lado esquerdo, tinham tocado na bola em oito nos jogos que tinham feito. Sabíamos que era muito difícil, tentamos construir algumas formas, mas mesmo assim no primeiro tempo tomamos uma bola por baixo e uma por cima. Quem é de Campinas conhece a capacidade do Leandro Amaro, colocamos o Ricardinho em cima dele pra tentar conter um pouco, mas mesmo assim ele foi muito feliz em cima do nosso rendimento de bola vinha sendo muito bom nessas bolas paradas”.

O time venceu os dois clássicos que disputou, mas ainda não conseguiu vencer os times do interior, e Loss tentou encontrar justificativas pra esses resultados: “A gente tá tentando buscar essa resposta, ainda não temos certeza e seria leviano afirmar que é uma ou outra coisa, acho que é um conjunto. Saímos de um resultado sobre o Corinthians e depois enfrentamos o Oeste num jogo de muito combate com um campo praticamente impraticável. Hoje por mais que o campo estivesse excelente, as condições atmosféricas também influenciam, mas são coisas que temos que procurar superar, precisamos achar uma resposta e superar”.

Loss voltou a falar sobre a importância dos quatro pontos conquistados fora de casa em dois jogos seguidos até para a campanha em um campeonato tão curto: “É muito importante, a gente vinha até enfrentar o São Paulo com 03 pontos em nove, vencemos o São Paulo fora de casa e não é fácil, o próprio Mirassol jogou lá e sabe o quanto é difícil, isso foi fundamental pra nossa campanha e pro nosso sonho de classificação, mas fazer os pontos em casa é nossa obrigação, acho que recuperamos os pontos que perdemos pro Oeste”.

Agora ele terá uma semana até a próxima partida e comemorou o tempo de trabalho, mas adiantou que a partir de agora as mudanças no time serão mais raras: “Acredito que até aqui sim (mudanças), mas a partir de agora deve se definir um pouco mais, at´[e porque os jogos terão mais espaços, teremos uma ou outra semana espaçada que dá tempo de recuperar e preparar o time pensando no adversário, a não ser as equipes que tem jogos pela Libertadores, acho que as outras equipes tendem manter o time. Rodamos quando achamos que foi necessário, depois fizemos um grande resultado e preferimos manter a equipe pra ver como ela se comportava num jogo totalmente diferente, agora vamos estudar o que faremos pro domingo que vem”, concluiu o treinador.

 

Marcos Ortiz

Advertisement
Advertisement

Amistoso – Guarani 2×1 Palmeiras


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima Partida – 20/07 19:00

Brasileiro - Série B

Botafogo-SP X Guarani FC

Estádio Santa Cruz
Campeonato Brasileiro - Série B

+ Recentes

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.