Siga-nos

Marcos Ortiz

Opinião: Jogo treino de portões fechados – Quando é que o Torcedor é importante?

Publicado

em

Nos últimos anos o Guarani cometeu tantos e tantos erros que se for enumerar essa coluna ficará extensa demais, mas vou lembrar alguns bem recentes. Em 2019 Osmar Loss chegou pra comandar o Guarani, o elenco foi montado e não agradava muito ao Torcedor, os treinos? Todos de portões fechados… resultado, um time horroroso dentro de campo, uma campanha complicada e um futebol paupérrimo.

Loss foi substituído por Eutrópio que chegou falando em fim de portões fechados, mas fez o contrário, continuou fechando os treinamentos… futebol pobre, time horroroso, resultados péssimos, caiu! Veio Roberto Fonseca, treinos fechados… futebol pobre, campanha medíocre, caiu, e com sua queda quem quase caiu foi o Guarani.

Chegamos a 2020, expectativa de mudanças, presidente do CA diferente, Superintendente de Futebol diferente, treinador diferente, ufa, será que agora vai?   O time já treina desde 03 de janeiro e até agora (16/01) nem o técnico Thiago Carpini muito menos o Superintendente de Futebol Michel Alves concederam entrevistas coletivas pra falar sobre o elenco que montaram e que, repetindo o ano de 2019, não agrada boa parte da Torcida.

Ah, só dá pra analisar o time vendo jogar… claro, é só com a bola rolando que saberemos quem tem lenha pra queimar, mas ai vem a notícia: O Guarani anunciou nesta quinta feira que o jogo treino do próximo sábado no Brinco de Ouro contra o Velo Clube será disputado com portões fechados à Torcida e à imprensa…

Treinos fechados, jogos treinos fechados, um esconde esconde desgraçado, mas eu pergunto: O que é que o Guarani tem a esconder do seu Torcedor? Muitos dirão que a decisão na verdade é pra esconder do adversário, mas me desculpem, esconder time da Inter de Limeira e só dela? Sim, porque todos os jogos são transmitidos pela TV e depois do jogo da estreia todos os outros times saberão como o Guarani jogará. Vale a pena?

Osmar Loss escondeu tudo, escondeu o futebol também. Eutrópio continuou escondendo, o futebol continuou não aparecendo, Fonseca escondeu e nada apareceu, mas ai, quando a água bateu na bunda vieram os apelos para que o Torcedor fosse ao estádio e ajudasse o time numa luta insólita contra o rebaixamento na reta final da Série B.

Quando é que o Torcedor é importante? Só quando a merda tá feita? Esconder jogo treino de sua Torcida é o mesmo que dizer que não quer que ela assista os jogos pela televisão, não ouça pelo rádio ou não compareça ao estádio. Não faz o menor sentido! É privar aquele a quem o clube recorre quando tudo está dando errado de poder antecipar sua expectativa sobre como está seu time antes mesmo de o campeonato começar..

Afinal, pra quem é que o time vai jogar? Pra comissão técnica, pra diretoria, pro elenco, ou pra Torcida?

Depois não adianta pedir, implorar ou tentar se reaproximar do Torcedor se na hora em que ele espera carinho, não recebe, tem os portões fechados pra si, dá de cara na porta. O Superintendente e o treinador que participaram da montagem do elenco já não falam sobre o elenco que montaram, e agora a diretoria fecha os portões do estádio ao seu Torcedor… será que vamos esconder, esconder e esconder ao ponto de nada mostrar quando a bola começar a rolar pra valer?

Portões fechados podem fechar corações, acirrar ânimos e desmotivar quem sempre esteve motivado e pronto a participar: Prazer, somos nós,  os Torcedores, mas quando é que nós somos importantes mesmo?

Tá tudo errado, que o silêncio não seja omissão e que a distância do Torcedor não se transforme mais uma vez em um time divorciado da sua Torcida como vimos recentemente no Guarani Futebol Clube.

 

Marcos Ortiz

Advertisement
Advertisement

A volta da Capa do Gigante


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima Partida

+ Recentes

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.