Siga-nos

Marcos Ortiz

Opinião: É só um jogo? Não, é muito mais que um jogo, é o Bugre!

Publicado

em

Torcida Bugrina presente ao estádio Melão em Varginha na Final da Série C - Foto: Marcio Borges - Varginha Online.

Já faz algum tempo que não faço esse tipo de texto, mas hoje, pela importância do que vem pela frente, achei necessário. Daqui a pouco o Guarani entra em campo pra uma partida importante e decisiva pra muita coisa, vamos lembrar algumas delas?

A gente passou 2013, 2014, 2015 e 2016 escondido num mar de lama chamado Série C. Chance de subir? Só tivemos duas, a primeira foi em 2013 quando só Deus ou algum maluco poderá explicar o que aconteceu com um time que fez 11 jogos invictos, 10 deles sem sofrer gols, numa competição que tinha 18 jogos na primeira fase sequer se classificou, naquele ano o Bugre só foi perder uma partida na 12ª rodada, e os sete últimos jogos foram tão ruins que destruíram o que havia acontecido nos 11 primeiros.

A segunda veio em 2016 e a gente aproveitou, disputamos até o título, e daquele ano três coisas merecem destaque, a primeira delas o acesso conquistado com duas viradas seguidas, a segunda uma das maiores que o futebol brasileiro e mundial já viram. A segunda foi a invasão Bugrina a Varginha-MG pro jogo da final, pena que terminou daquele jeito, dentro e fora de campo e a terceira é que aquilo tudo só aconteceu porque uma empresa assumiu o futebol do Guarani, investiu e o tratou como deveria ser tratado. Sucesso conquistado depois de muito trabalho mal feito, ufa, a gente subiu pra Série B.

Essa é a terceira temporada na qual o Guarani disputa a Série B, graças a Deus os rebaixamentos acabaram, veio mais um acesso, veio um título que nos levou de volta ao Paulistão e a gente conseguiu ao menos se manter. Não brigou por nada muito grande, é verdade, mas se manteve ali, firme, continua faltando só um degrauzinho pra gente subir e voltar pra todas as Séries A. Pode demorar pra subir esse degrau? Pode, mas só falta ele.

Nós Bugrinos não podemos nos esquecer de tudo oque vivemos naqueles anos de ostracismo, você, eu, todos nós sofremos muito, doía demais ver o Guarani jogando aquilo, Série A2, Série C, risco daqui, fracasso dali e tenho certeza absoluta que todos nós que amamos esse time, essa instituição, não queremos viver aquilo tudo de novo, então precisamos aprender uma lição.

O Bugre tem um único aliado. Você não gosta de quem comanda o clube? Você não concorda com o que é feito? Tem muita coisa que precisa melhorar? De fato, isso tudo acontece, mas as coisas não podem ser co-relatas. Não é o fracasso do time que trará alívio para estas questões, nós só faremos um Guarani forte se todos formos fortes, e todos, são todos mesmo.

Situação, Oposição, Torcida, Conselhos, e também Arquibancadas. Não é preciso que oque está em pé hoje caia pra que as coisas mudem, não é preciso que o time pague dentro de campo pra que o comando do clube mude, não é preciso fracassar pra melhorar, pelo contrário, qualquer que seja o rumo que o Guarani tome daqui pra frente, seja quem for que comande o clube e seus Conselhos internos, ao menos a manutenção do cenário atual é necessária pra que a gente tenha uma boa base de construção de novos rumos.

As arquibancadas falam, falam muito forte e alto, podem ter certeza, eu já estive lá, já ouvi o quanto pesa e ecoa oque a arquibancada fala, mas ela não pode falar contra o time, ela precisa, pelo contrário, é ser a base forte pro time.

Um torcedor não torce pro seu time apenas nos bons momentos, ele pode até optar por só ir ao estádio nesses bons momentos, mas ele torce e sofre as consequências dos maus momentos também. Um Torcedor Bugrino não é diferente, você pode até optar por não ir aos jogos, mas inegavelmente seu bom ou mau humor estarão diretamente ligados ao que acontecer dentro de campo.

Você pode, ainda que muito pouco, influenciar um pouco nisso, a única maneira é estando lá, é cantando, é incentivando seu time do começo ao fim do jogo. Ele vai errar, claro que vai, os passes não vão encaixar às vezes, o adversário também jogará e a gente pode até não ganhar, mas enquanto Nosso Bugre estiver jogando essa é a única maneira de você influenciar, ainda que bem pouquinho, naquilo que vai acontecer dentro de campo.

Tenho usado esse termo ultimamente: “Torcedor = Aquele que torce”, então hoje é noite de torcer. É tarde? Sim! O jogo é difícil? Sim! O time não é aquilo que nós queremos ainda? Claro que não é! Isso pode mudar, Pode! Vai mudar? Não sabemos, mas a única coisa que realmente podemos fazer neste momento é torcer.

Então meu amigo, vamos torcer… porque se torcendo já tá assim, imagina se nem Torcida tiver?

A gente se vê lá no Brinco à noite? Eu espero que sim… eu não quero voltar pra aqueles tempos de Série C, você também não.

Marcos Ortiz

Advertisement
Advertisement

Guarani 0x2 Vila Nova


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima Partida – 25/08 11:00

Brasileiro - Série B

América-MG X Guarani FC

Campeonato Brasileiro - Série B

+ Recentes

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.