Siga-nos

Marcos Ortiz

Opinião: É ganhar, escapar embaixo e olhar pra cima, sempre pra cima!

Publicado

em

 

Nós temos ouvido e lido alguns comentários sobre a diferença de nível entre a Série B de 2018 e a Série B de 2019 nos últimos dias e resolvemos fazer um comparativo entre as duas competições recortando as classificações de ambas na 23ª rodada e, até pra nossa surpresa, nos deparamos com números muito parecidos, com algumas exceções, claro.

Usamos como recorte a 3ª e 4ª colocações e depois fomos buscar da 10ª à 20ª posição para, em seguida, fazermos alguns comentários. Confira:

2018

2019

3º Avaí – 39

3º – Sport – 38

4º – Atlético-GO – 37

4º – CRB – 36

10º – Oeste – 33

10º – América-MG – 32

11º – Coritiba – 30

11º – aapp – 31

12º – Londrina – 27

12º – Brasil – 29

13º – Juventude – 27

13º – Londrina – 28

14º – Criciúma – 25

14º – Oeste – 26

15º – CRB – 25

15º – Guarani – 25

16º – Paysandu – 25

16º – Vitória – 24

17º – Brasil – 25

17º – Vila Nova – 24

18º – São Bento – 25

18º – São Bento – 23

19º – Sampaio Corrêa – 21

19º – Criciúma – 23

20º – Boa Esporte – 18

20º – Figueirense – 23

O Guarani não aparece no recorte de 2018 porque na 23ª rodada estava brigando pelo acesso na 6ª colocação com 36 pontos, apenas um ponto atrás do quarto colocado. Na Série B atual o sexto colocado é o Operário com 35 pontos, convenhamos, uma campanha muito parecida, e o quarto colocado é o CRB com 36 pontos, enquanto em 2018 era o Atlético-GO com 37, mais uma vez muito próximos.

Neste recorte queremos destacar especialmente a campanha do  Londrina que na 23ª rodada de 2018 tinha 27 pontos, dois pontos a mais do que tem o Guarani nesta temporada, na mesma 23ª rodada. O Londrina brigou pelo acesso até a antepenúltima rodada quando tinha 55 pontos ganhos e estava apenas dois pontos atrás do quarto colocado.

Da 24ª até a 36ª rodada o time paranaense conseguiu uma campanha de 08 vitórias e 04 empates em 13 jogos disputados, saltando de 27 pontos para 55 pontos ganhos. Derrapou na 37ª rodada quando perdeu em casa por 2×1 para o CRB e chegou á última rodada sem chances de acesso, terminou a Série B na 8ª posição, apenas um ponto à frente do Guarani (9º) e o confronto das duas equipes foi exatamente na última rodada, como será também agora em 2019, a diferença é que desta vez as equipes se enfrentarão em Londrina e não no Brinco.

Em 2018 o quarto colocado tinha 36 pontos em 23 jogos, um aproveitamento de 53,62% dos pontos, agora em 2019 tem 52,19%. Ao final da competição o quarto colocado (Goiás) terminou com 60 pontos, num aproveitamento final de 52,6%.

E por que escrevi tudo isso? Simples, pra dizer que NÃO ESTÁ MORTO QUEM PELEJA, MAS TEM QUE PELEJAR, GUARANI!

O passado (recente, e bem recente, diga-se de passagem), mostra que, com um pouco mais de capricho, o Londrina teria subido saindo de 27 pontos na 23ª rodada em 2018 para o acesso. O Guarani tem 25 pontos, claro, é muito, muito difícil, mas impossível? Não, não é, basta olhar com carinho e capricho para a campanha citada acima.

Claro, neste momento estamos focados em escapar de vez dos riscos de rebaixamento, e tem que ser assim mesmo, a gente precisa vencer, principalmente jogando em casa. Temos ainda oito jogos no Brinco de Ouro até a 37ª rodada e teremos sete jogos fora de casa, o último na 38ª rodada, ou seja, se a gente repetir ao menos a campanha do Londrina neste mesmo recorte de tabela, vencer América-MG na 37ª rodada, jogando no Brinco, pode chegar à última rodada ainda com alguma chance…

Vamos ficar no jogo a jogo, mas vamos torcer pro time manter essa regularidade na sequência da Série B. Eu quero sonhar! Mas pra isso a gente esbara num trabalho muito mal feito até a chegada de Carpini e hoje, mesmo com a excelente campanha do treinador que assumiu a equipe na 18ª rodada e tem hoje um aproveitamento baixo de 36,2%, mesmo com os 66,66% de aproveitamento de Carpini com quatro vitórias e duas derrotas em 6 jogos. Ah se tivessem caprichado um pouquinho mais, por exemplo com mais uma vitória no comando de Eutrópio e uma no comando de Fonseca…

 

Marcos Ortiz

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.