Siga-nos

Luiz Galvão

Opinião: Com titulares Guarani poderá se reabilitar diante do Sampaio Corrêa

Publicado

em

Depois do percalço sofrido pelo Guarani no jogo de estreia fora de casa, o Bugre  volta a Campinas para a preparação do jogo do próximo sábado no Brinco. Na primeira rodada houve somente um empate e foi entre Brasil de Pelotas e São Bento (1×1), resultado que deveria ser o mesmo para o Guarani não fosse o árbitro Claudio Francisco Lima e Silva – SE (CBF) em um jogo normal de bola corrida acrescentar 5 minutos ao tempo, além de nos primeiros 10 minutos de jogo aplicar dois cartões amarelos aos defensores do Bugre Philipe Maia e Marcílio e mais dois no decorrer da partida para Bruno Brígido e Ricardinho.

Quatro cartões para o visitante em faltas corriqueiras é no mínimo um juiz caseiro que apita com a torcida e teve o descaro de anotar na súmula sobre ocorrências o seguinte fato: “…Ao término da partida recebemos no vestiário a presença do diretor de futebol da equipe do Fortaleza Sr Sergio Papelin onde fomos parabenizados pelo trabalho realizado”.

A falta cometida por Ricardinho na intermediária não foi um aberração e nem tampouco o gol sofrido por Bruno Brígido, uma vez que Gustavo é homem de confiança de Rogério Ceni (ex-especialista) em bola parada e não decepcionou, colocou a bola no ângulo. Agora o Bugre terá o reencontro com sua torcida depois de uma final com o Brinco lotado e um show de bola.

Quanto ao próximo adversário, o Sampaio Correa disputou o campeonato maranhense com apenas 8 times em 3 fases, não chegando nem às semifinais, terminando na 5ª colocação com apenas 3 vitórias 1 empate e 3 derrotas.

Para a série B o Tricolor de São Luiz teve até o momento 8 reforços, os meias Bruninho (XV Piracicaba), Danielzinho (Linense) e João Paulo (Ferroviária), os laterais Alyson (Atlético-PB) e Marcelo (Macaé-RJ),  o atacante Claudio Maradona (Boavista-RJ),  e também os volantes William (Madureira-RJ) e Diego Silva (Atletico-GO) que teve passagem pelo Bugre em 2015.

De todos reforços do time maranhense somente William entrou em campo e o Sampaio Corrêa ocupa a liderança junto com Oeste, após a vitória por 2 gols sobre o Coritiba no Castelão, sendo que um dos gols foi marcado pelo time adversário (gol contra).

Jogar em casa com apoio da torcida e com o time titular poderá fazer o jogo ser menos difícil para o Bugre. O ideal seria vencer por um placar razoável com pelo menos 2 gols de diferença e é isso que esperamos. Melhoraria o posicionamento na tabela de classificação e ajudaria a buscar o G4 na sequência, lugar de acesso a elite nacional do futebol profissional.

Lembrando que na estreia da série B todos os visitantes perderam à exceção do Papão da Curuzu (Paysandu) venceu fora o outro time da cidade.

 

AVANTE AVANTE MEU BUGRE >>>–HSG—>>
Luiz Galvão

Advertisement
Advertisement
Advertisement

A volta da Capa do Gigante


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima Partida – 22/11 21:30

+ Recentes

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.