Siga-nos

Jogos e Resultados

Não adianta… Bugre sai na frente, toma virada, busca empate e perde de novo…

Publicado

em

Depois da saída de Roberto Fonseca e do comando do futebol profissional, o Bugre voltou a campo neste domingo de manhã fora de casa pra enfrentar o América, mais um concorrente direto contra o rebaixamento.

Comandado pelo interino Thiago Carpini, sem Vitor Feijão e Marquinhos que sequer ficaram no banco de reservas e com mudanças no time e no esquema de jogo, Carpini levou a campo: Kléver; Bruno Souza, Brunno Lima, Diego Giaretta e Thallyson; Deivid, Igor Henrique, Arthur Rezende e Bady; Davó e Michel Douglas.

Dentro de campo

O time começou nitidamente nervoso, errando muitos passes e cometendo muitas faltas. Lá atrás o América tinha muito espaço e passava a criar chances. Com 08 minutos Thallyson já recebeu cartão amarelo, mas aos 11 minutos veio a primeira chance do Guarani, Brunno Lima fez bom lançamento pra Davó no campo de ataque, ele conseguiu dominar e rolou a bola pra Bady já dentro da grande área, mas o meia Bugrino acabou chutando pra fora, quase na marca do pênalti.

Aos 14 minutos o Bugre teve outro jogador amarelado, Davó cometeu uma falta no campo de ataque e recebeu cartão amarelo. Na sequência da jogada o Bugre abriu o placar.

Thallyson recuperou a bola pela esquerda e o Bugre desceu pro ataque, a bola chegou até Michel Douglas e ele rolou pra Igor Henrique que de muito longe bateu forte, rasteiro, acertando o canto direito do goleiro, sem chances de defesa. Um golaço de Igor Henrique, segundo dele na Série B e o Bugre abria o placar, América 0x1 Guarani.

Mas a vantagem mais uma vez durou pouco, o América chegou ao empate logo aos 19 minutos numa falha de marcação da defesa Bugrina (mais uma). Escanteio cobrado pela direita, a defesa do Bugre não marcou, Leandro desviou no primeiro pau, a bola atravessou toda a pequena área, Bruno Souza não chegou novamente na marcação e felipe Azevedo, livre, rolou para trás onde Junior Viçosa, também livre de marcação bateu pro fundo do gol. Tudo igual em BH, América-MG 1×1 Guarani.

O América voltou a dominar o jogo e teve outras oportunidades, uma aos 29 minutos com Felipe Azevedo que, de dentro da grande área, bateu pro gol e Diego Giaretta conseguiu desviar pela linha de fundo. Já o Guarani ainda teria uma grande oportunidade no último lance quando teve uma falta na entrada da grande área pela meia esquerda, depois de muita demora, como sempre Bady bateu e pegou muito mal, jogando a bola em cima da barreira e o Bugre desceu pro intervalo com o empate por 1×1.

Na volta do intervalo nenhuma mudança no Bugre, o time voltou procurando o gol e teve uma grande aos 02 minutos quando Bruno Souza acertou bom cruzamento pra Davó dentro da grande área, ele chegou finalizando rápido, mas jogou a bola pra fora do gol.

E não teve jeito, o Bugre falhou de novo aos 05 minutos num lance infantil de Diego Giaretta. Bola cruzada pra grande área, Giaretta estava sozinho no lance e ao tentar dominar meteu o braço esquerdo na bola cometendo um pênalti absolutamente ridículo. Giaretta ainda tentou reclamar, mas o árbitro marcou o pênalti e aos 06 minutos Junior Viçosa bateu no canto esquerdo de Kléver que tentou adivinhar o canto, caiu pro lado direito e nem apareceu na foto. O América virava o jogo, América 2×1 Guarani, pode por na conta do GIaretta.

Aos 08 minutos o Bugre recebeu mais um cartão amarelo, agora foi Igor Henrique. Detalhe, no banco de reservas Kléver já havia recebido cartão amarelo ainda na primeira etapa.

O Guarani sentiu demais o segundo gol e o América tentava aproveitar pra ampliar o placar, aos 12 minutos João Paulo pela esquerda tocou a bola pra Junior Viçosa que entrou com alguma liberdade na grande área e bateu, desta vez em cima de Diego Giaretta que desviou pra escanteio.

Logo em seguida, aos 13 minutos veio a primeira mudança de Carpini, ele sacou Michel Douglas pra entrada de Éder Luís… e seja o que Deus quiser… com essa alteração esperava-se que Davó passasse a jogar centralizado, mas não foi o que aconteceu, ele foi jogar do lado direito do ataque.

Aos 20 minutos veio a segunda alteração, saiu Bady, muito mal na partida, para a entrada de Felipe Cirne. Se o Bugre até tinha dado boas mostras de melhora, já começava a sentir o nervosismo e cometer muitos erros de passes, com isso o América continuou criando boas oportunidades, a maioria delas pelo lado direito de ataque, esquerdo da defesa Bugrina.

E aos 28 minutos Davó fez uma grande jogada individual pela direita, passou bem por dois marcadores e foi derrubado quase no bico da grande área. Aos 29 minutos Thallyson partiu pra cobrança e bateu direto pro gol, João Paulo foi tentar cortar e acabou desviando a bola pro fundo do gol no primeiro pau, gol do Bugre, gol de empate em Belho Horizonte, gol contra, mas e dai, gol do Bugre!!!! América 2×2 Guarani.

E aos 36 minutos tentando encaixar uma jogada e vencer o jogo veio a terceira mudança, saiu o volante Deivid pra entrada de Deivid Souza, e novamente, seja o que Deus quiser…

Quando parecia que o Guarani ao menos caminhava pra um empate fora de casa, os erros defensivos novamente apareceram. Aos 41 minutos Thallyson recebeu uma bola sozinho pela esquerdas e se atrapalhou todo, recebeu a pressão do adversário e acabou afastando o perigo, mas o árbitro marcou uma falta quase em ciam da linha da área. Muita reclamação, cartão amarelo pra Brunno Lima e aos 44 minutos, na cobrança Kléver conseguiu fazer a defesa, mas na sequência do lance a bola veio pro lado direito, cruzamento pra grande área e Leandro Silva de peito tocou a bola pro fundo do gol, mas estava impedido, por pouco, mas estava. Outra vez muita reclamação dos jogadores do América agora pelo gol anulado.

O árbitro deu jogo até os 51 minutos e não teve jeito, a defesa do Guarani já estava preparada pra entregar o jogo. Aos 47 minutos bola levantada pra grande área, desta vez foi Brunno Lima quem errou e acabou tirando a bola fraca da grande área, fazendo quase que um passe pra Flávio que pegou um chute forte, de primeira, de fora da grande área e acertou o canto direito de Kléver. Gol do América, não adianta, o Guarani não sabe vencer e não consegue nem mesmo segurar um empate. América 3×2 Guarani, de virada.

Ainda deu tempo de mais um susto, aos 50 minutos quase saiu o terceiro gol de Junior Viçosa na partida, a bola sobrou pra ele dentro da grande área, ele bateu colocado buscando o canto direito e Bruno Souza conseguiu tirar quase em cima da linha.

Final de jogo, América 3×2 Guarani. Sacramentado cada dia mais na lanterna, fadado ao rebaixamento que agora só será evitado por um verdadeiro milagre, nada parece funcionar para o Guarani e também, enquanto qualquer pessoa que estiver ocupando o cargo de treinador optar por Éder Luis e Deivid Souza como alternativas pra vencer uma partida, pode esquecer.

Thiago Carpini teve méritos? sim teve, montou um time mais organizado em campo, mas quando precisou mexer trouxe de volta um Guarani que todos já conhecemos. Uma defesa ridícula, um ataque que mesmo quando consegue fazer gols não consegue trazer o resultado e nenhum dos três jogadores que entraram no decorrer do jogo acrescentou absolutamente nada ao time, pelo contrário.

Lanterna, distância pros times fora da zona aumentando jogo a jogo e assim vai ser… até quando: Só Deus sabe. O campeonato vai acabar e o time, reagirá em algum momento?

 

Marcos Ortiz

Advertisement
Advertisement
Advertisement

A volta da Capa do Gigante


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima Partida – 16/11 16:30

Brasileiro - Série B

Guarani FC X Operário-PR

Campeonato Brasileiro - Série B

+ Recentes

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.