Siga-nos

Entrevistas

Na saída do gramado: “O espírito é esse, não pode ser diferente”

Publicado

em

Klever, o cara do jogo! "Tive uma boa estreia".

Na saída do gramado após a vitória sofrida sobre o São Paulo por 1×0 no Pacaembu ouvimos algumas entrevistas no trabalho do repórter Marcos Luiz da Radio Bandeirantes Campinas.

Você pode ouvir essas entrevistas no player

Primeiro jogador a falar foi o lateral Inácio que entrou durante a segunda etapa: “Foi um resultado importante, a gente vinha de uma derrota em casa e hoje viemos aqui buscar os três pontos que eram importantes” disse o jogador que foi revelado na base do São Paulo e comentou esse detalhe em seguida: “Claro que tem (um gosto especial), me criei aqui e hoje foi um pouco estranho ver a torcida vestindo outra camisa, mas o futebol é isso, graças a Deus hoje a gente conseguiu manter o resultado e saímos daqui com os três pontos”.

E não é que um dos melhores Bugrinos em campo foi o zagueiro Ferreira. Bem posicionado, preciso nos cortes, ele participou diretamente do resultado, principalmente pela postura da equipe de se defender o tempo todo. Ferreira também falou em seguida:

Ainda estou com um corte na cabeça do jogo passado, mas a gente faz de tudo pra poder ajudar. Trabalhamos, sabíamos que podíamos, Deus é fiel, conseguimos a vitória”.

De zagueiro pra zagueiro, em seguida quem falou foi Diego Giaretta, que começou falando sobre a dupla formada com Ferreira: “Hoje estamos muito felizes não só pela vitória, mas porque não tomamos gol, incomoda muito, desde os amistosos a gente estava sempre atrás, ou tomando gol, isso incomoda, a gente vem trabalhando forte. Essa harmonia quanto mais a gente jogar junto mais vai criando essa intimidade e hoje, num jogo que a gente precisava ser eficiente, a gente foi e conseguimos vencer”.

O volante Ricardinho também falou após a vitória Bugrina: “Valeu a pena principalmente pelo espírito que a gente tinha jogado a última partida, foi muito ruim contra o Oeste e a gente tinha se cobrado bastante. O espírito, a raça, a vontade nem sempre vão ser bastante pra ganhar jogos, mas podem ser determinantes pra perder.  Esse é o espírito, acho que estamos muito longe dos nossos limites de entrosamento, toque de bola, pra queremos coisas maiores no campeonato temos que melhorar bastante, mas por ora foi bom, todo estão de parabéns, temos que valorizar bastante essa vitória e agora contra o Mirassol e o Botafogo não podemos ter um espírito diferente do que foi hoje”.

Cada jogo tem uma história, o campeonato é importante, traçamos objetivos grandes nele, a camisa do Guarani perde isso e estava há muito tempo longe da Série A, mas temos muito pra evoluir. O que fizemos hoje foi suficiente pra ganharmos o jogo de hoje, agora é concentrar e descansar porque domingo temos outra pedreira, mas como falei, o espírito não pode ser outro”.

E por último o cara do jogo, visto com muita desconfiança pela Torcida, o goleiro Klever foi o principal responsável pela vitória fazendo ao menos quatro grandes defesas e garantido o resultado e ele começou respondendo sobre essa atuação: “Tive uma boa estreia graças a Deus, foi importante estrear com a vitória, o clube tem sonhos, queremos crescer e sabíamos que uma vitória hoje seria importante. Não foi fácil, mas deu tudo certo”, analisou.

Estes foram os jogadores Bugrinos que falaram ainda no gramado do estádio do Pacaembu logo após a vitória por 1×0 sobre o São Paulo fora de casa pela quarta rodada do Paulistão.

 

Marcos Ortiz

Advertisement
Advertisement

Amistoso – Guarani 2×1 Palmeiras


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima Partida – 20/07 19:00

Brasileiro - Série B

Botafogo-SP X Guarani FC

Estádio Santa Cruz
Campeonato Brasileiro - Série B

+ Recentes

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.