Siga-nos

Jogos e Resultados

Guarani perde gols, vacila e sofre 1ª derrota no Brinco

Publicado

em

Já com a quarta colocação praticamente garantida devido aos resultados da rodada, o Bugre voltou a campo nesta quarta feira de cinzas recebendo o XV de Piracicaba pela sétima rodada da Série A2 jogando por uma vitória que o levaria à vice liderança da competição.

Umberto tinha uma pequena dúvida, Fumagalli ou Bruno Nazário, porque no último treinamento Nazário recebeu uma entrada muito forte de Pablo e deixou o campo com muitas dores, mas ele fez tratamento intensivo e se recuperou, assim o Bugre repetiu a escalação da vitória fora de casa sobre o Sertãozinho com Bruno Brígido; Lenon, Fernando Lombardi, Lucas Kal e Marcílio; Baraka, Ricardinho (Fumagalli), Rondinelly (Gabriel Leite) e Bruno Nazário; Erik (Elias) e Bruno Mendes.

Com a presença de 4.439 pagantes o Brinco estava pronto para mais uma vitória, a quarta consecutiva na competição, mas não foi isso o que aconteceu.

 

Dentro de campo

O primeiro tempo foi todo do Guarani, as oportunidades surgiam em grande número, mas a bola não entrava. Logo aos 02 minutos Bruno Nazário fez um bom passe para Bruno Mendes , mas quase sem ângulo o atacante tentou a finalização, o goleiro Samuel Pires conseguiu em dois tempos fazer a defesa.

Bruno Mendes de novo, aos 10 minutos ele escorou de voleio um cruzamento de Lenon, mas a bola acabou saindo em cima do goleiro, e aos 13 minutos após uma falha do goleiro adversário, Bruno Nazário recuperou a bola e tocou para Bruno Mendes que avançou  e da entrada da grande área bateu forte, mas o goleiro Samuel caiu no canto baixo esquerdo e conseguiu se recuperar fazendo boa defesa.

Só dava Guarani, aos 14 minutos outra grande oportunidade e outra vez com Bruno Mendes. Lançamento de Ricardinho para Nazário, ele viu bem a chegada de Bruno Mendes e de cabeça ajeitou com açúcar, Bruno Mendes soltou um chute forte, mas a bola saiu, com perigo.

O jogo era de um time só, o XV pouco chegava e o Bugre parecia que conseguiria mais uma vitória, seria só questão de tempo. As poucas chegadas do XV foram pelo lado esquerdo, algumas delas em falhas de Lucas Kal.

O Bugre teve outra grande oportunidade aos 26 minutos quando Ricardinho, de cabeça, escorou um cruzamento com perigo e desta vez Samuel fez grande defesa evitando o gol. Aos 33 minutos outra vez Samuel, desta vez o chute forte de longe foi de Lenon e ele conseguiu espalmar para escanteio, outra vez salvando sua equipe.

Aos 39 minutos a principal chance do primeiro tempo, Rondinelly de bola parada fez um lindo cruzamento na cabeça de Ricardinho, ele surgiu bem, livre de marcação, no meio da defesa do XV e testou com força, mas a bola caprichosamente explodiu no travessão.

Esperando que o gol finalmente saísse no segundo tempo, o Bugre foi surpreendido logo no recomeço da partida. Logo no primeiro minuto Marcílio falhou pela esquerda e Jobinho ficou com a bola, conseguiu dominar na coxa por duas vezes seguidas e de dentro da grande área bateu forte, no canto esquerdo de Bruno Brígido, sem nenhuma chance de defesa. Na primeira real finalização do XV o Bugre toma o gol, Guarani 0x1 XV de Piracicaba.

E o susto foi grande logo em seguida. Aos 04 minutos Jobinho chegou a marcar, mas o árbitro já havia paralisado o lance marcando impedimento.

O desenho do jogo começou a mudar na primeira alteração de Umberto, aos 06 minutos, sentindo uma indisposição que depois se saberia poderia tê-lo tirado do jogo, Rondinelly deixou o campo para a entrada de Gabriel Leite. No minuto seguinte o Bugre quase marcou, desta vez com Erik num chute de fora da área que acabou desviando e matando o goleiro Samuel que, sem nada poder fazer, torceu e viu a bola sair pela linha de fundo.

Se no primeiro tempo o time era organizado e as bolas passam pelos pés de Rondinelly, com a entrada de Gabriel Leite esta organização acabou e nas vezes em que tocava na bola ele quase sempre errava os passes.

Sobravam então as bolas paradas, e aos 15 minutos Bruno Nazário cobrou falta na cabeça de Bruno Mendes na marca do pênalti, ele subiu bem, mas a cabeçada saiu com perigo, por cima do travessão. E o nome do ataque Bugrino era Bruno mendes, aos 22 minutos ele puxou um contra ataque, ajeitou e, de perna esquerda bateu forte, mas outra vez o goleiro Samuel fez grande defesa, salvando o XV do gol de empate.

Aos 24 minutos Umberto fez a substituição e mais uma vez foi contestado pela Torcida Bugrina. Saiu Erik para a entrada de Elias. Pouco depois foi a vez de Bruno Brígido salvar o Guarani aos 28 minutos  num chute cruzado de Ewerton quase na pequena área Bruno conseguiu sair bem e ficar com a bola dominada quando Jobinho já esperava com o gol aberto para finalizar.

Aos 31 minutos o Guarani teve uma falta a seu favor na meia, perto da meia lua da grande área, a Torcida pediu e Umberto fez sua terceira e última alteração, saiu Ricardinho que vinha numa boa atuação para a entrada de Fumagalli que já se posicionou par aa cobrança, mas a bola acabou acertando a barreira.

Vencendo o jogo, o XV não tinha vergonha de fazer cera, já o Guarani que antes trabalhava bem a bola, passava a praticamente apostar apenas nas bolas paradas durante toda a segunda etapa, mas ainda deu tempo de Elias perder outro gol feito.

Aos 44 minutos Lenon fez grande jogada pela direita e deixou o atacante livre de marcação na cara do goleiro Samuel, mas Elias errou o chute, quase na linha da pequena área e jogou a bola na rede pelo lado de fora.

E assim, nem mesmo os 04 minutos de acréscimos permitiram a reação do Guarani. O time perdeu sua invencibilidade no Brinco de Ouro da Princesa em um jogo que, pelo primeiro tempo, poderia ter goleado, mas pagou o preço dos seus erros de finalização e acabou parado também pelas grandes defesas do goleiro Samuel vendo o XV que chegou praticamente apenas duas vezes duas vezes durante toda a partida vencer o jogo por 1×0.

Com esta derrota o Bugre encerrou a sétima rodada na quarta colocação beneficiado pelos resultados dos adversários, não manteve a invencibilidade nem os 100% de aproveitamento no Brinco de Ouro da Princesa e parou nos 12 pontos ganhos em 21 pontos disputados.

Agora o Bugre tem a chance de se recuperar jogando novamente em casa no próximo sábado quando às 17:00 recebe o Taubaté pela oitava rodada da competição.

Vacilou demais Guarani! Agora além de vencer em casa a equipe terá que buscar mais resultados como visitantes para não correr riscos de ficar de fora das semifinais do Campeonato Paulista da Série A2 quando serão definidas as duas equipes que conquistarão o acesso disputando a final da competição.

 

Marcos Ortiz

Advertisement
Advertisement

Amistoso – Guarani 2×1 Palmeiras


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima Partida – 20/07 19:00

Brasileiro - Série B

Botafogo-SP X Guarani FC

Estádio Santa Cruz
Campeonato Brasileiro - Série B

+ Recentes

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.