Siga-nos

Notícias

Guarani não aceita decisão e fará reunião tentando reverter juridicamente determinação da prefeitura

Publicado

em

Ricardo Moisés (foto) fala em reunião e medidas jurídicas.

O Guarani não aceitou a decisão da prefeitura municipal de determinar portões fechados para o dérbi da próxima segunda feira e promete tentar reverter essa posição por meios judiciais. Quem disse isso foi Ricardo Moisés, presidente do Conselho de Administração do clube, em entrevista a Radio Bandeirantes de Campinas.

“Nos deixou muito tristes essa posição da prefeitura, não tem como, você tem shoppings abertos, rodoviária aberta, aeroporto aberto e fechar um dérbi. Se existe uma preocupação grande, que se feche todos os eventos e não só o dérbi”, disse Ricardo Moisés, afirmando insatisfação com a decisão anunciada:

“O Guarani acredita que essa decisão foi um pouco precipitada, os casos em Campinas ainda não foram confirmados em volumes, caberia um monitoramento e uma decisão melhor na segunda feira pela manhã”.

Questionado sobre a devolução dos valores aos Torcedores que compraram ingressos antecipadamente, ele falou que o Guarani ainda não se contentou com a decisão e pretende encontrar meios de revertê-la: “Vamos reunir nosso corpo jurídico e o Conselho de Administração agora e vamos estudar um meio legal para revertermos essa determinação da prefeitura. Por contratos com a emissora que detém os direitos de transmissão não tem como adiar o jogo, mas nós vamos nos reunir hoje para vermos o melhor caminho para fazer isso (reverter a decisão da prefeitura).

“O Conselho de Administração vai se reunir agora e tão logo tome uma decisão embasada pelo nosso departamento jurídico nós comunicaremos”, concluiu.

Marcos Ortiz

Advertisement
Advertisement

A volta da Capa do Gigante


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima Partida

+ Recentes

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.