Siga-nos

Notícias

Futuro Superintendente do Guarani é duramente criticado após rebaixamento quase certo do Vila Nova

Publicado

em

Elias, meia do Vila Nova-GO - Imagem: Reprodução - SporTV.

Como trouxemos já há algum tempo, o Guarani tem tudo acertado com o novo Superintendente de Futebol a ser anunciado nos próximos dias. O clube está próximo de apresentar Sidiclei Menezes na função, profissional que tem boas passagens por América-MG onde conquistou o título mineiro em 206 e por Athletico-PR, onde participou na temporada passada da montagem do elenco que conquistou a Copa Sul-Americana.

O problema é que na atual temporada, em meio a um ambiente extremamente conturbado, Sidiclei Menezes iniciou a temporada contratado pelo Vila Nova-GO que ontem, após o empate por 1×1 com o Oeste em Goiânia está virtualmente rebaixado para a Série C de 2020, podendo se salvar apenas numa improvável combinação de resultados. Uma campanha desastrosa, até ai tudo bem, todo profissional está sujeito a isso em sua carreira, mas imediatamente após a partida Sidiclei Menezes foi citado e duramente criticado pelo meia Elias, jogador do Vila Nova-GO em uma entrevista concedida à imprensa goiana.

Você pode ouvir este trecho da entrevista, retirado de vídeo que circula pelas redes sociais desde então, no player abaixo.

“Ao longo do ano a gente e vocês sabem muito bem que tiveram, o Sidiclei chegou aqui e contratou 32 jogadores, teve jogador que nem jogou com a camisa do Vila Nova e foi mandado embora. Isso é planejamento?” Questionou o meia em entrevista à imprensa local.

“Tem mais de um jogador que aconteceu isso, , o Marcelo Cabo chegou aqui (treinador) e afastou seis jogadores que poderiam ajudar como o meu caso, do Araújo que jogou lá em Recife muito bem, mas agora tá todo mundo longe, ninguém tá aqui botando a cara a bater. eu estou aqui, cadê eles agora, neste momento? Cadê o Seo Marcelo Cabo, cade o Sidiclei pra vir aqui e pedir desculpa ao torcedor? Ele não está, eu estou aqui”, disse Elias, se referindo à dupla Sidiclei Menezes e Marcelo Cabo, a quem responsabilizou diretamente pelo rebaixamento do Vila Nova.

“Peço desculpas, tenho essa humildade, espero que eles sejam homens e peçam desculpas de alguma forma ao torcedor porque , a gente tem que pedir (desculpas) pro torcedor porque o vilanovense é diferenciado, o Vila é um clube diferenciado pela tradição que tem. A gente tem que honrar essa camisa enquanto a gente veste, eu vou dormir com a consciência tranquila”, concluiu o jogador.

Sidiclei Menezes deixou o cargo de executivo de futebol do Vila Nova no final do mês de agosto de 2019.

Marcos Ortiz

Advertisement
Advertisement

A volta da Capa do Gigante


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima Partida – 22/11 21:30

+ Recentes

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.