Siga-nos

Notícias

Comissão Eleitoral homologa duas chapas e impugna chapa da situação

Publicado

em

O Guarani anoiteceu e amanheceu efervescendo nos seus bastidores. Desde o final da tarde de ontem (04/01) já surgiam informações que ainda eram um pouco confusas sobre a manifestação da comissão eleitoral a cerca da homologação das chapas para concorrerem ao Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal nas eleições marcadas para o próximo dia 11 de março, e durante a noite descobrimos por que de tanto movimento e tantas informações desencontradas.

Às 18:47 o site oficial do Guarani divulgou matéria intitulada “Comissão Eleitoral – Ata 4ª reunião: 03/12/2019 onde apresenta o resumo da reunião ocorrida no último domingo e trouxe como homologadas as Chapas Hoje e Sempre Guarani e Renova Guarani e, com diversos argumentos, entre eles a falta de ficha de adesão , falta de certidão de débitos de candidato a Conselho Fiscal, irregularidade na situação financeira de alguns associados e impugnação de candidatos atendendo manifestação contrária, não homologou a chapa Nova Jornada.

Pouco depois, às 18:53 o site oficial do clube divulgou segunda matéria, esta com o título “Comissão Eleitoral – Termo de Homologação” e consta desse termo apenas duas chapas, a chapa Hoje e Sempre Guarani e a chapa Renova Guarani.

Clique aqui e confira a Ata da Reunião da Comissão Eleitoral realizada no dia 03/02/2019.

Clique aqui e confira as composições homologadas das CHAPAS HOJE E SEMPRE GUARANI e RENOVA GUARANI.

E agora? Acredito que esta seja a pergunta que o torcedor, não afeito ou de menor conhecimento sobre os processos eleitorais, seus ritos e seus atos. Caso encerrado? Não!

Internamente resta aos representantes da chapa indeferida NOVA JORNADA um último recurso, isso porque o Estatuto Social do Guarani FC determina que todos os atos da Comissão Eleitoral deverão ser validados pelos associados presentes à Assembleia Geral do dia 11 de março quando acontecerá o processo de votação, portanto os representantes da chapa impugnada podem ainda pleitear à Assembleia Geral, apresentando seus argumentos e pedirem que a Assembleia invalide o Ato da Comissão Eleitoral que os impugnou, assim como qualquer outro representante de qualquer outra chapa pode pedir impugnação de qualquer outro Ato divulgado pela Comissão no decorrer dos seus trabalhos.

Por experiência própria, considero tal reversão como muito difícil de acontecer. Até hoje, nos tempos recentes da história Bugrina, apenas uma vez uma Assembleia Geral mudou o cenário apresentado no dia da eleição, isto aconteceu no ano de 2006 quando a Assembleia Geral impugnou a chapa comandada por Maurício Bonzanini denominada “Integração” e aclamou como eleita a chapa então comandada por Leonel Martins de Oliveira denominada “Sempre Guarani”, mas esta decisão foi tomada baseada no Estatuto Social anterior ao de 2007 que depois já foi revisado e alterado para o atual, vigente desde fevereiro de 2014.

Cabe claro, como em qualquer outra situação onde um grupo ou um cidadão considere seus direitos desrespeitados, partir para uma ação judicial e neste caso o processo passará pelo crivo de uma decisão externa, o que fortalecerá ou enfraquecerá a estrutura interna, dependendo da decisão alcançada. Se for provocada e a Justiça corroborar a decisão da Comissão eleitoral, os trabalhos da mesma sairão fortalecidos, porem uma decisão contrária enfraquecerá a representatividade dos seus trabalhos.

Da mesma forma que me manifestei em 2017 quando da impugnação da chapa de oposição comandada pelo empresário Odair Paes Junior, lamento a impugnação da chapa de situação comandada pelo advogado Palmeron Mendes Filho e pelo próprio Odair Paes Junior, claro, acreditando sempre que os trabalhos dos organizadores da referida chapa respeitaram os preceitos estatutários pois, num quadro eleitoral tão reduzido, quando cerca de 50% dos associados se envolvem para a montagem de três chapas, ao ter uma chapa impugnada, quase 20% do quadro social apto a votar está inapto a concorrer. Claro, não posso deixar também de parabenizar o trabalho dos organizadores das chapas Hoje e Sempre Guarani e Renova Guarani, devidamente homologadas e aptas ao pleito.

Os argumentos de lado a lado conheceremos certamente nos próximos movimentos e assim que tiver qualquer nova informação sobre o processo eleitoral do Guarani você saberá em nova postagem do Planeta Guarani.

 

 

Marcos Ortiz

Advertisement

Notícias

Justiça indefere pedido de liminar e eleição segue com duas chapas

Publicado

em

Por

Na tarde desta quarta feira, bem divulgado e repercutido pelo portal de internet soderbi.com.br do jornalista Elias Aredes Junior, soubemos da decisão judicial sobre a ação movida pelos representantes da Chapa “Nova Jornada” que teve sua inscrição indeferida pela Comissão Eleitoral e não pôde ser regularizada para concorrer às eleições do Conselho Deliberativo do Guarani que acontecerão no próximo dia 11 de março.

Tivemos acesso, pelo material publicado no portal, à informação de que o pedido de liminar foi negado, por entendimento do juiz que considerou que a Comissão Eleitoral seguiu os ritos estatutários e cumpriu seu trabalho. Pelo despacho foi possível entender alguns argumentos utilizados pelos representantes da chapa em sua ação judicial:

1 – Entendia a chapa que pela Ata divulgada no dia 15 de janeiro de 2019 haveria um prazo até o dia 08/02/2019 para que os associados estivessem em dia com suas mensalidades, porem, confirme redação abaixo recortada da própria ata, a Comissão Eleitoral definiu que o associado que quisesse concorrer ao pleito teria que estar com a mensalidade de vencimento em 08 de janeiro, estando portanto regular com suas obrigações até o o dia 08 de fevereiro, considerando que as mensalidades do clube são pagas no sistema pré-pago (abaixo recorte deste trecho específico).

2 – Em outro trecho do que foi repercutido pelo portal Só Dérbi fica aparente que a ação questionou a imparcialidade do presidente da Comissão eleitoral, fato este que, segundo a decisão, não pôde ser comprovado. Presidente da Comissão Eleitoral do Guarani Futebol Clube, o associado Anselmo França comentou ao portal:

“Eles pediram minha desqualificação com base em mensagens minhas criticando sobretudo o Palmeron, o que não é novidade para ninguém, mas, o juiz, além de entender que se tratava de um órgão colegiado, ou seja, eu era 1 em 5, o conteúdo das mensagens, versus o que ele viu no processo da comissão, entendeu que em hipótese alguma houve parcialidade nos trabalhos”, disse Anselmo França.

Já o presidente do Conselho de Administração do Guarani, o advogado Palmeron Mendes Filho, afirmou que pretende dar sequência à ação: “Normal (a decisão). Decisão judicial desfavorável, não se discute. Se recorre”, disse Palmeron.

Fato é que, apesar da decisão de não conceder a liminar, o juiz deu andamento à ação. Fato é também que, ao contrário do que afirma a matéria, a Assembleia Geral ainda decidirá na sua abertura se valida ou não os atos praticados pela Comissão Eleitoral durante seus trabalhos, portanto, por ser este um dos ato, cabe aos sócios, independente do resultado do pedido de liminar ter sido negativo, decidir se homologa ou não a participação, pois antes da ação judicial os representantes da Chapa já haviam protocolizado pedido de apelação à Assembleia de Sócios do dia 11 de março.

 

Marcos Ortiz

Continue Lendo

Notícias

Kléver pega pênalti e reservas vencem jogo treino contra o Atibaia

Publicado

em

Por

Foto: Letícia Martins - Guarani FC.

O Guarani recebeu o Atibaia para um jogo treino nesta tarde no Brinco de Ouro da Princesa para movimentar e dar ritmo de jogo aos jogadores considerados reservas e outros que não estão inscritos no Paulistão.

Osmar Loss iniciou a atividade com Kléver; Fabrício Costa, Thalisson Kelven, Diego Giaretta e Bidú; Romisson, Fernandes, Carlinhos, Rondinelly e Diego Cardoso; Anselmo Ramon.

O gol foi marcado por Douglas Silva, atacante que não está entre os jogadores inscritos para o Campeonato Paulista na metade do segundo tempo da partida. Detalhe para o goleiro Kléver que nos minutos finais defendeu um pênalti e garantiu a vitória.

Amanhã o grupo considerado titular se junta aos demais atletas e participa da primeira atividade visando a definição do time titular que enfrentará o São Caetano no próximo sábado à tarde, no Brinco.

 

Marcos Ortiz

Continue Lendo

Notícias

Departamento médico confirma lesão no tendão de Lucas Crispim

Publicado

em

Por

Lucas Crispim sentiu o tendão e teve que ser imobilizado. Imagem: Reprodução - SporTV.

O Departamento Médico do Guarani confirmou há pouco através de boletim a gravidade da lesão do meia/atacante Lucas Crispim e as notícias não são nada boas.

As suspeitas foram confirmadas, Crispim teve uma ruptura total do tendão do pé direito, passará por cirurgia em data ainda não confirmada e não há ainda uma previsão de retorno aos gramados, mas sabe-se que a lesão é de difícil e lenta recuperação.

Apenas para comparar, a lesão é muito parecida com a que sofreu Fumagalli no dérbi da semifinal do Paulista de 2013.

O Planeta Guarani deseja desde já sucesso na cirurgia e no processo de recuperação do jogador que ainda é jovem e tem uma carreira inteira pela frente.

Infelizmente agora confirmada a lesão e sua gravidade, o clube deverá solicitar junto à FPF a substituição do registro do jogador, resta saber se por outro que seja contratado, ou por algum atleta oriundo da Copa São Paulo que não pôde ser inscrito na lista B e atletas vindos das categorias de base por não preencher o requisito mínimo de um ano de vínculo com o clube.

Vamos aguardar, melhoras, Crispim!

 

Marcos Ortiz

Continue Lendo
Advertisement

Guarani 2×0 Botafogo – Imagens do PG


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima Partida – 23/02 – 16:30

Campeonato Paulista

Guarani X São Caetano

Estádio Brinco de Ouro da Princesa

+ Recentes

Classificação – Grupo B

PosTimeJVSGPG
174514
273012
373-110
470-83

Classificação – Geral

PosTimeJVSGPG
1761018
274514
374514
473312
573012
673510
773-110
873-110
97329
107229
117209
1272-39
1371-85
1471-44
1570-74
1670-83

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.