Siga-nos

Entrevistas

Carpini comemora vitória, mas pede jogo a jogo. Com suspensões, técnico confirma Bidu como titular

Publicado

em

Foto: FERNANDO REMOR/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO

Sem dúvidas Thiago Carpini foi um dos responsáveis pela vitória do Bugre fora de casa, a sexta na competição. Teve ousadia ao escalar a equipe, não aceitou o papel que lhe era dado de apenas se defender na Fonte Nova e saiu de campo comemorando mais uma vitória, sua terceira em cinco jogos à frente do time, sexta do Bugre na Série B.

No player você confere a entrevista coletiva do técnico Bugrino e algumas declarações dos jogadores ao repórter Marcos Luiz da Radio Bandeirantes Campinas na saída do gramado.

“Vamos jogo a jogo, foi mais um grande jogo e graças a Deus a gente conseguiu o resultado positivo, precisávamos muito dessa vitória, mas agora, independente da vitória a gente comemora hoje e amanhã vira a página, nossa situação ainda é muito delicada”, assim o treinador começou falando da vitória em Salvador.

Ele também falou sobre a montagem do time e atuação nesta partida: Gostei muito, acho que todas as mudanças elevaram o nível, o Nando entrou muito bem, o Guedes entrou muito bem, tem uma boa qualidade no passe e na última o Davó pediu porque acabou cansando. Eu tinha opção do Renanzinho ou do Rondinelly, tinha o Deivid Souza e queria ter mais a posse da bola, tirar o time de trás, mas achei que o Deivid podia ajudar mais,a té pela estatura na bola aérea com o Caicedo. As mexidas foram boas, as entradas elevaram o nível”.

E ele seguiu, agora analisando a importância do resultado pro time conseguir fugir do rebaixamento: “Representa, não só hoje, mas desde o jogo de Belo Horizonte, um recomeço pra nós. Nestes últimos cinco jogos a qualidade que a gente vem tendo, a alegria dentro do vestiário, a entrega deles, todo o respaldo que a diretoria tem me dado, essa nova filosofia deles também está me dando uma segurança muito grande pra poder trabalhar. Espero continuar contribuindo e que essa vitória que é tão importante quanto as outras, seja um marco de recomeço”.

“Agora temos dois jogos em casa, mas vamos jogo a jogo, primeiro o Paraná, depois o Criciúma, vamos primeiro pensar no Paraná. trabalhar bem durante a semana e aproveitar. Pra valer essa vitória de hoje temos que fazer o resultado em casa no final de semana”.

Em seguida, respondendo uma pergunta de um repórter local, Carpini falou do momento que o clube vive e tratou de colocar as coisas no seu devido lugar quando o repórter afirmou que o Guarani vivia uma desordem: “O resultado dentro de campo ajuda a gente a se fortificar, reconstruir e se reorganizar, eu só não vejo muito algumas desorganizações que você falou porque o Guarani hoje é um time que paga seus salários em dia, a gente tem um ambiente bom e o grande problema tem sido nossa situação na tabela. Na parte externa, essa questão de diretoria a gente prefere não se envolver, vamos fortalecendo o presidente e a diretoria trazendo resultados, essa é a maneira que nós podemos ajudar o Guarani, fora isso o clube vem se organizando e a gente pretende corresponder assim e ajudar”.

Lamentando as suspensões de Luiz Gustavo e Thallyson, o treinador já fez questão de dizer que quem deve jogar na lateral esquerda é Bidu, jovem das categorias de base, já na zaga, sem saber qual a situação física de Bruno Silva, ele não escondeu que Ferreira deva iniciar a partida: “Vamos ver como ele está, tele esteve com a gente e depois veio esse imbróglio como Vasco, vamos ver como ele está, mas o Ferreira também está pronto, ele precisou dar essa respirada, ficou fora, mas vai nos ajudar, é um cara em quem eu confio. O Thallyson está fora vai o Bidu, não tem segredo, eu confio de mais nele, ele está esperando a sua vez e eu vou trabalhar a semana conversando bastante com ele, mas que ele saiba que a responsabilidade é minha, quero que ele jogue solto, como se estivesse no Sub-20, as coisas vão acontecer naturalmente”, concluiu o técnico Bugrino.

A íntegra da entrevista você ouve no player juntamente com os jogadores na saída do gramado, clique e ouça, no início da matéria.

Marcos Ortiz

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.