Siga-nos

Entrevistas

Apesar da vitória: “Não é esse tipo de jogo que quero” – Confira a entrevista de Loss

Publicado

em

Depois da partida foi a vez do técnico Osmar Loss falar sobre a partida, a vitória Bugrina, a atuação da equipe e já projetar a sequência do Paulistão em entrevista coletiva que você também pode ouvir no player abaixo.

 

Acho que tivemos um time com alma, com espírito que é o que a gente quer pro Guarani sempre, tivemos um sistema defensivo que soube sofrer com o tipo de jogo que o São Paulo fez, nem sei quantos cruzamentos eles fizeram pra nossa área, foi coisa de perder a conta, mas acho que a gente precisa produzir um pouco mais ofensivamente.. Não fiquei satisfeito, acho que a gente sentou no resultado, tô feliz pelos três pontos, mas não é esse o tipo de jogo que eu quero que o Guarani jogue, quero que saiba sofrer quando tem que sofrer, mas que tenha a bola no nosso domínio como tivemos em alguns momentos depois das trocas no segundo tempo e conseguimos respirar um pouco mais”, assim ele analisou a partida.

Ao explicar as mudanças que fez no time ele justificou pela sequencia de jogos e o campo pesado da partida anterior: “Muitos pensam que o Guarani teve uma longa pré temporada que começou em setembro, outubro, mas não, a gente começou no dia 03 e percebemos que pelo jogo contra o Oeste no campo molhado e pela a sequência de jogos que tivemos uma queda física muito acentuada. Acho que nosso grupo é forte, tinha confiança que quem entraria daria conta do recado, mas pensei principalmente em termos energia pra aguentar os 90 minutos e felizmente conseguimos”.

Agora o adversário é o Mirassol e o Guarani que depois de vir de vitória sobre o Corinthians, tropeçou contra o Oeste. Loss falou sobre como deve ser a postura da equipe para evitar que isso se repita: “Temos que ter consciência de como precisamos jogar contra os times que jogam o mesmo campeonato que a gente e vão fazer a diferença na hora de decidir a classificação. Precisamos ir a Mirassol e é uma infelicidade a FPF ter marcado o jogo deles ontem às 19:00 e o nosso hoje às 21:00, eles terão mais repouso. Nossa diretoria tem que ficar atenta a isso, sei que às vezes não dá pra equalizar a grade da televisão, mas o prejuízo é muito grande com um jogo às 11:00 da manhã”, disse o técnico Bugrino

Na sequência da entrevista ele analisa, entre outras coisas, a grande atuação do goleiro Klever e explica que Giovanni podia não aguentar o jogo e se lesionar e que Carlos teve uma crise de asma, por isso a opção de Klever como titular e Giovanni, mesmo sem plenas condições de jogo, estar no banco de reservas.

Clique no player e ouça a íntegra da entrevista coletiva.

 

Marcos Ortiz

Advertisement
Advertisement

Amistoso – Guarani 2×1 Palmeiras


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima Partida – 20/07 19:00

Brasileiro - Série B

Botafogo-SP X Guarani FC

Estádio Santa Cruz
Campeonato Brasileiro - Série B

+ Recentes

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.