Siga-nos

Entrevistas

Advogado fala sobre andamento das propostas de Gestão Compartilhada do Futebol

Publicado

em

Advogado Marcelo Dias é integrante da Junta Jurídica do Guarani – Foto: Reprodução – Internet.

Se você Torcedor tinha algumas ponderações a fazer sobre a montagem do elenco que disputará a Série A1 do campeonato Paulista e a Copa do Brasil, da situação financeira envolvendo o Guarani, principalmente no tocante à possibilidade de assinatura de um contrato de Gestão Compartilhada do Departamento de Futebol, a entrevista que traremos abaixo vai nortear o seu pensamento.

No início da noute desta sexta feira (30/11) o advogado Marcelo Depícoli Dias (foto), integrante da junta jurídica formada pelo Guarani Futebol Clube para acompanhar as propostas e o processo de análise das ofertas de Gestão Compartilhada feitas pelo Grupo Magnum/ASA e Elenko Sports/Traffic esclareceu o andamento da situação de forma cristalina, sem direito a nenhuma dúvida, bastando para tanto ouvir a longa, mas importante entrevista  concedida à Radio Bandeirantes Campinas, abaixo.

 

Nela você saberá que as propostas que foram apresentadas, na verdade, foram analisadas pela junta e ela (junta jurídica) tratou de formatar uma minuta contratual contendo os tópicos e termos de ajustamento jurídico do que foi apresentado. O trabalho de formulação das minutas terminou e ambas foram encaminhadas às duas empresas que agora deverão analisar o que consta das minutas e, só após esta análise, responderem ao Guarani se as propostas estão fielmente representadas, ou apresentarem as alterações que acharem necessárias, para só então poderem ser apresentadas primeiramente ao Conselho Deliberativo e depois à uma Assembleia de Sócios para que decidam sobre qual delas deve ser aprovada, ou se nenhuma delas será aprovada.

Resumindo, após acompanhar a entrevista a conclusão que cheguei é que nada será apresentado nos próximos dias sequer ao Conselho, quanto mais à Assembleia de Sócios. Acreditei desde o início que o processo seria inverso, ou seja, as minutas seriam encaminhadas pelas empresas ao Guarani e o clube tentaria uma renegociação em alguns pontos que achasse pertinentes, para, depois disso, apresentar ambas aos Conselheiros e Associados.

Assim, chego à conclusão que o Guarani terá que manter o futebol, ao menos no primeiro semestre de 2019, exclusivamente por forças próprias, buscando parceiros pra a montagem do elenco, entre eles clubes, empresários, e até mesmo os dois grupos interessados na gestão, e durante este período as propostas deverão ser analisadas, votadas e, caso uma delas seja escolhida, assumirá o comando do futebol com a competição em andamento, sendo de sua autonomia a gestão do futebol Bugrino a partir da disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Posso estar enganado, mas acho muito difícil algo diferente disso acontecer.

Antes de encerrar quero deixar meus parabéns ao Dr. Marcelo Dias pela clareza e franqueza com que trouxe os detalhes de forma que todo Torcedor Bugrino pudesse entender o que está acontecendo neste assunto que mexe diretamente com todos nós.

 

Marcos Ortiz

Advertisement

Entrevistas

Ouça as entrevistas na saída do gramado e a coletiva de Osmar Loss

Publicado

em

Por

Na saída do gramado acompanhamos, pela Radio Bandeirantes Campinas algumas entrevistas com jogadores Bugrinos ainda no gramado do Pacaembu, logo após a derrota por 3×0 para o Santos.

Acho que faltou um pouco de concentração da gente, o jogo em si não foi mal, tivemos algumas oportunidades, tivemos chance, mas infelizmente a bola não entrou e o Santos foi feliz no ataque, foram eficazes e saíram com a vitória”, foi assim que o lateral Inácio analisou a derrota por 3×0 no Pacaembu.

Confira no player, além dessa, as entrevistas de Victor Ramos, Léo Príncipe e Thiago Ribeiro que lamentou a chance perdida por Fernando Viana e lembrou que o Guarani chegou a criar oportunidades para ao menos empatar a partida.

E o técnico Osmar Loss também analisou a derrota e a atuação da equipe, sem usar as mudanças como motivo pra derrota ele reconheceu porem que isso atrapalhou o planejamento nas alterações: “Atenua, mas precisamos ter consciência dos erros e acertos que a gente teve. De positivo tivemos uma grande atitude e coragem, em nenhum momento ficamos encolhidos, quando o Santos chegou foi porque saiu da nossa marcação mais alta. Temos que trabalhar em ciam dessa atitude pros próximos jogos”, disse o treinador.

A integra da entrevista coletiva pode ser conferida no player abaixo.

 

Marcos Ortiz

Continue Lendo

Entrevistas

Palavras tentam, mas não explicam a lambança em Santa Cruz do Sul – Ouça as entrevistas

Publicado

em

Por

Depois de mais um capítulo mal escrito de sua história, voltando a jogar uma Copa do Brasil depois de quatro temporadas e sendo eliminado por mais um time inexpressivo na história do futebol, ouvimos algumas entrevistas do repórter Marcos Luiz da Radio Bandeirantes Campinas na saída do gramado do estádio dos Eucaliptos.

Primeiro jogador a falar foi o volante Ricardinho que mais uma vez teve que falar sobre uma derrota dolorida: “Fomos castigados no final, tivemos chance de fazer gol, acertamos bola na trave, depois recuamos muito, pressão de bola parada e o gol que a gente leva é lamentável”, disse o volante, que pela transmissão por radio da partida, analisou bem o que foi o jogo, o Guarani perdeu porque não teve atitude para tentar definir a partida e preferiu recuar segurando um empate.

Ouça as demais entrevistas no player abaixo.

 

Já o técnico Osmar Loss, falando manso, como sempre, sem mudar o tom, sem vibrar, disse que sente muito a derrota e que o prejuízo do clube com a eliminação é grande:

A gente tem que sentir, tem que sofrer com esse resultado que não era o que estava planejado, vínhamos de três jogos com três ótimos resultados, mas temos que saber que temos uma forma de jogar, conseguimos impor ela no primeiro tempo e temos que ter isso como vértice pro nosso trabalho. Vamos pra uma outra batalha contra a equipe que está sendo a sensação do campeonato Paulista e temos que estar fortalecidos, com a confiança elevada, sabendo que temos hoje e amanhã pra “lamber” as nossas feridas, mas sexta feira o foco tem que ser outro, a confiança tem que voltar, temos que manter a nossa busca pela classificação no Paulistão”, disse o treinador em um trecho da sua entrevista. A íntegra pode ser ouvida abaixo:

 

Marcos Ortiz

Continue Lendo

Entrevistas

Alegria na saída do gramado e Loss satisfeito com atuação – Ouça as entrevistas

Publicado

em

Por

Foto: Marcos Ortiz - Planeta Guarani.

Foi a terceira vitória do Bugre no Paulistão, segunda jogando no Brinco de Ouro e foi importante demais porque o time conseguiu manter-se firme na briga por uma das duas vagas, se ainda não dentro do G2, muito próximo, ou até podendo entrar após o final da rodada.

Na saída do gramado ouvimos, pela Radio Bandeirantes Campinas, no trabalho do repórter Marcos Luiz, as entrevistas dos jogadores Fabrício Costa, Léo Príncipe, Ricardinho e Diego Cardoso, autor do segundo gol do Bugre na vitória por 2×0 sobre o Botafogo.

Ouça no player abaixo:

Depois, acompanhamos a entrevista do técnico Osmar Loss que comemorou bastante a atuação da equipe, a vitória e agora já está com o foco voltado pra partida da próxima quarta feira contra  Avenida-RS pela Copa do Brasil.

Ouça a entrevista no player abaixo:

 

Marcos Ortiz

Continue Lendo
Advertisement

Guarani 2×0 Botafogo – Imagens do PG


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima Partida – 23/02 – 16:30

Campeonato Paulista

Guarani X São Caetano

Estádio Brinco de Ouro da Princesa

+ Recentes

Classificação – Grupo B

PosTimeJVSGPG
174514
273012
373-110
470-83

Classificação – Geral

PosTimeJVSGPG
1761018
274514
374514
473312
573012
673510
773-110
873-110
97329
107229
117209
1272-39
1371-85
1471-44
1570-74
1670-83

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.